Melhores celulares Motorola 2023

Melhores celulares Motorola 2023

A marca Motorola sempre esteve entre as mais procuradas pelos consumidores brasileiros, por isso, para ajudar na escolha, fizemos uma seleção dos melhores celulares Motorola disponíveis atualmente no mercado.

A Motorola conseguiu se estabelecer como uma das marcas mais conhecidas no mundo quando se trata de smartphones, oferecendo uma ampla variedade de dispositivos com uma excelente relação qualidade-preço, especialmente na faixa intermediária, a faixa em que está melhor posicionada.

Como escolher os melhores celulares Motorola em 2023?

A Motorola é atualmente o segundo fabricante com mais vendas no mercado brasileiro, oferecendo muitas opções que lança a cada ano, além de várias de anos anteriores que ainda são competitivas em termos de desempenho. Tantas opções podem dificultar a escolha certa.

Por isso, fizemos uma lista dos modelos de melhores celulares intermediários.

É importante considerar sempre que um celular novo ou mais caro não é necessariamente a melhor opção para os recursos que você está procurando. Por isso, na lista também contemplamos modelos de 2022 que ainda estão em vigor e disponíveis em muitas lojas.

Motorola Edge 30 Ultra

O celular Motorola Edge 30 Ultra é o novo modelo da marca que já está disponível no mercado e que, aos poucos, está se posicionando como um dos melhores modelos da marca.

Como principal característica podemos citar seu enorme sensor, o maior que se pode obter no Brasil, com 200 megapixels, acompanhado de uma lente ultra wide de 50 megapixels, uma lente teleobjetiva de 12 megapixels com um ótimo zoom de 2x.

Com o Motorola Edge 30 Ultra é possível capturar vídeos em 8K a 24 FPS ou 4K a 60 FPS.

Por seu status de alto nível, o Motorola Edge 30 Ultra é alimentado por um poderoso processador Qualcomm Snapdragon 8 gen 1, acompanhado por uma memória RAM de 12 GB e uma capacidade de armazenamento interno de 256 GB. Esses recursos permitem um desempenho ideal para usar e executar várias tarefas e aplicativos exigentes.

Entre outras funções, você pode usar o Ready For, usando o dispositivo no modo desktop, seja para jogar ou fazer chamadas de vídeo em TVs ou monitores.

Um ponto que não se destaca é sua bateria, que é de 4610 mAh e que, devido a suas características importantes, é suficiente para um dia de autonomia. Por outro lado, seu carregador é de 120 W, o que permite carregar 50% da bateria em aproximadamente 10 minutos.

Moto G71

Os modelos recentes lançados por Motorola dentro da linha Moto G geralmente têm especificações muito semelhantes, por isso é muito importante analisar cada modelo para determinar as características que os tornam diferentes uns dos outros.

No caso do Moto G71, o modelo contém um processador mais do que aceitável que pode suportar 5G. Estamos falando do Snapdragon 695, com ótimo desempenho com qualquer aplicativo e com qualquer jogo que você pretenda jogar.

Analisando a bateria, ela tem 5.000 mAh, com uma boa autonomia, acompanhada de um carregador de 33W, que lhe dará a possibilidade de carregar a bateria com boa velocidade.

Na parte traseira, ele tem um conjunto de câmeras nada surpreendente, embora seu sensor principal esteja correto em 50 megapixels com um recurso de 4 megapixels que combina 4 megapixels para fazer matrizes de pixels maiores que serão capazes de capturar mais luz e gerar fotos com informação mais completa.

É possível acrescentar uma lente ultra grande angular de 8 megapixels e uma lente macro de 2 megapixels. A lente frontal é de 16 megapixels.

A tela é um ponto relevante a ser destacado, pois é uma tela AMOLED HD+ com boa resolução, ótimos contrastes, brilho intenso e cores vivas, embora sua taxa de atualização seja de 60 Hz.

Falando da memória do Moto G71, podemos indicar que ele tem 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento interno.

Moto G53

Como primeira impressão, o Moto G53, um dos melhores celulares acessíveis, pode ficar no meio do caminho para alguns usuários que tinham expectativas semelhantes às dos modelos anteriores, como o Moto G52 e o Moto G51.

Começando pela tela, ela possui um display IPS LCD com uma taxa de atualização de 120 Hz. Isso permite maior fluidez, mas ao custo de uma redução na resolução em comparação com a tela de seus antecessores, já que nesse modelo estamos limitados a HD+.

Em termos de desempenho, o Moto G53 tem um processador rápido e atualizado: o Snapdragon 480 plus, desenvolvido pela Qualcomm, com a velocidade certa para o uso normal e cotidiano do aparelho. No entanto, se sua ideia é usá-lo para jogos que exigem alto desempenho, talvez não seja o celular ideal.

Em termos de memória, ele oferece uma RAM de 4 GB e um armazenamento interno de 128 GB.

Analisando suas câmeras, o módulo traseiro possui uma câmera de 50 megapixels, com grande angular e ultra grande angular, e uma câmera frontal de 8 megapixels.

Em termos de duração da bateria, ela é de 5.000 mAh, permitindo que você o use durante o dia inteiro sem precisar de carregar.

Moto G62

Entre os pontos que se destacam positivamente nesse modelo, podemos citar seu processador com suporte para 5G, Snapdragon 480+, de desempenho correto, embora como todo melhor celular intermediário 2023, sem a possibilidade de rodar jogos pesados, e sua taxa de atualização de tela que chega a 120 Hz.

Seu display IPS é mais focado em melhorar a fluidez das imagens e não tanto a qualidade do contraste, como uma tela OLED poderia fazer.

O Moto G62 tem o mesmo módulo de câmera que os outros dispositivos da linha: uma lente principal de 50 megapixels, uma ultra-wide de 8 megapixels e uma macro de 2 megapixels.

Em termos de memória, ele tem 4 GB de RAM e 128 GB de armazenamento.

É o melhor celular custo-benefício 2023, desenvolvido para ter um uso diário normal, sem grandes exigências, mas com um preço mais do que acessível.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *